O CINEMA AMBIENTAL DE JORGE BODANZKY

Com uma trajetória de mais de 50 anos dedicados ao cinema documental, Jorge Bodanzky, com seus trabalhos, nos revela a realidade brasileira em seus múltiplos aspectos. Nesta masterclass, ele privilegiará a questão ambiental de seus filmes, exibindo e comentando trechos de alguns de seus documentários mais significativos.

Leia o texto na íntegra sobre o evento!

Master class: O Cinema Ambiental de Jorge Bodanzky

A Mostra Ecofalante de Cinema e o cineasta e fotógrafo brasileiro Jorge Bodanzky, diretor de filmes de grande importância para o cinema nacional, tais quais Iracema, Uma Transa Amazônica (1974), Jari (1979) e Terceiro Milênio (1981), propõem esta master class sobre o cinema ambiental para estudantes, jovens cineastas e os demais interessados em conhecer mais sobre a linguagem e a prática do cinema documental. Por meio desta atividade, o cineasta privilegiará a questão ambiental de seus filmes, exibindo e comentando trechos de alguns de seus documentários mais significativos.

Jorge Bodanzky

Jorge Bodanzky é cineasta e fotógrafo. Estudou arquitetura na UNB e cinema na Alemanha nos anos 1960. Dirigiu clássicos como Iracema, Uma Transa Amazônica (1974), Jari (1979) e O Terceiro Milênio (1980). Também atuou como diretor de fotografia em Hitler, IIIº Mundo (José Agrippino de Paula, 1968) e O Profeta da Fome (Maurice Capovilla, 1969), entre outros. Trabalhos recentes, a série exclusiva HBO Transamazônica: Uma Estrada Para o Passado, Ruivaldo, O Homem Que Salvou a Terra, e Utopia Distopia. Atualmente, assina uma coluna em vídeo para a revista Zum do Instituto Moreira Salles e na revista amazonialatitude.com da Florida State University.