5. Programa Especial - Territórios Urbanos: Segregação, Violência e Resistência

Territórios Urbanos: Segregação, Violência e Resistência – Debate

O programa especial Territórios Urbanos: Segregação, Violência e Resistência exibe 16 longas-metragens brasileiros realizados nos últimos 20 anos aproximadamente. São todos documentários ou filmes que estão no limite entre documentário e ficção e que nos trazem reflexões importantes sobre as diferentes realidades urbanas encontradas no nosso país.

Nesse conjunto de filmes – que já são em sua maioria clássicos do nosso cinema –, podemos verificar as diferentes visões trazidas pelo cinema brasileiro sobre o assunto e de que maneira os próprios filmes refletem as mudanças ocorridas no país no período de duas décadas.

Os filmes do programa especial estão sendo reprisados a partir de sábado, 28 de agosto. Confira a programação; baixe o folder aqui.

Para discutir o programa especial Territórios Urbanos: Segregação, Violência e Resistência e como as obras nele reunidas refletem as diferentes realidades presentes nas grandes cidades brasileiras, convidamos críticos e pesquisadores da área para um bate-papo mediado pela jornalista Flavia Guerra.

O debate ocorrerá na segunda-feira, 30 de agosto, às 20h00. Já é possível ativar o lembrete aqui.

Flavia Guerra (Mediadora)

Flavia Guerra é documentarista e jornalista. É editora do TelaTela (@telatelablog), especializado em cinema e TV; apresenta o podcast “ Plano Geral”, com Thiago Stivaletti; é colunista de cinema da @radiobandnewsfm e, em 2019, cobriu os grandes festivais internacionais de cinema para o Canal Brasil.

Janaína Oliveira (Convidada)

Pesquisadora e curadora, Janaína Oliveira é doutora em História, professora no IFRJ (Instituto Federal do Rio de Janeiro), e foi Fulbright Scholar no Centro de Estudos Africanos na Universidade de Howard, em Washington D.C., nos EUA. Desde 2009, desenvolve pesquisas sobre as cinematografias negras e africanas, atuando também como curadora, consultora, júri e painelista em diversos festivais e mostra de cinema no Brasil e no exterior. Atualmente é curadora do Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul (RJ), do FINCAR (Festival Internacional de Realizadoras / PE) e da Baobácine Mostra de Filmes Africanos de Recife. Faz parte da APAN (Associação dos Profissionais do Audiovisual Negro). É idealizadora do FICINE, junto com Janaina Damaceno. Janaína Oliveira foi a programadora do Flaherty Film Seminar (Nova York) para 2021.

Ivana Bentes (Convidada)

Doutora em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Foi diretora da Escola de Comunicação da UFRJ de 2006 a 2013 e é professora associada do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFRJ. Foi Secretária de Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura do Brasil entre 2015 e 2016. Atua na área de Comunicação e Cultura, com ênfase em Teoria da Comunicação, Políticas Culturais e Cultura de Redes. Atualmente trabalha em dois projetos de pesquisa: Estéticas da Comunicação, Novos Modelos Teóricos no Capitalismo Cognitivo e Periferias Globais: produção de imagens no capitalismo periférico.

Luiz Zanin (Convidado)

Luiz Fernando Zanin Oricchio (Luiz Zanin) é crítico de cinema do jornal O Estado de S. Paulo e comentarista na Rede TVT (TV dos Trabalhadores). Presidiu a Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema (2011-2015). Editor do suplemento Cultura, do jornal O Estado de S. Paulo (2000-2009). Colunista do jornal O Estado de S. Paulo (2004-2015). Formado em Psicologia (USP), com pós-graduação em Psicologia Clínica (USP). Jurado internacional dos Prêmios Platino do Cinema Ibero-americano. Autor dos livros Cinema de Novo – Um Balanço Crítico da Retomada, pela Editora Estação Liberdade (2003), Guilherme de Almeida Prado - um Cineasta Cinéfilo (Imprensa Oficial, 2005) e Fome de Bola – Futebol e Cinema no Brasil (Imprensa Oficial, 2006), além de participação com capítulos e ensaios em diversas obras coletivas.

Carol Almeida (Convidada)

Carol Almeida é doutora no programa de pós-graduação em Comunicação na UFPE, com pesquisa centrada no cinema contemporâneo brasileiro. Faz parte da equipe curatorial do Festival Olhar de Cinema/Curitiba desde 2017, e já participou da curadoria do Recifest, da Mostra Sesc de Cinema e, mais recentemente, da 2ª Mostra de Cinema Árabe Feminino.