Especial Semana do Meio Ambiente

Conservação: Desastre Ecológico no Pantanal

O Pantanal é um dos biomas mais bem preservados do Brasil. Foco de turismo, a região é sobretudo conhecida pelas suas paisagens exuberantes. No entanto, partes do Pantanal vêm sendo degradas há décadas, e o assoreamento do Rio Taquari é um dos maiores desastres ecológicos registrados na região.

Ruivaldo, O Homem Que Salvou A Terra, de Jorge Bodanzky e codireção de João Farkas, é o retrato de uma região e da saga de um pantaneiro que consegue salvar parte de suas terras do alagado permanente –consequência do crescente e contínuo assoreamento dos rios e o posterior transbordamento das águas.

O média-metragem –que estreia nacionalmente em streaming– é o filme de abertura da Mostra Ecofalante - Especial Semana do Meio Ambiente. Será disponibilizado na plataforma Videocamp a partir das 19h30 da quarta-feira, 3 de junho até o encerramento da Mostra, às 23h59 da terça-feira, 9 de junho.

O acesso gratuito se dá a partir do cadastro na plataforma online (para se cadastrar, clicar aqui).



Na quinta-feira, 4 de junho, às 19h00, nossos convidados debatem sobre o tema “Conservação: Desastre Ecológico no Pantanal”.

O debate ao vivo será mediado pela jornalista Flávia Guerra.

Siga as redes sociais da Mostra Ecofalante para acessar o debate ao vivo. Já é possível ativar o lembrete do debate aqui (Facebook) e aqui (YouTube).

Para a discussão, contaremos com os seguintes convidados:


Jorge Bodanzky (Debatedor)

Jorge Bodanzky é cineasta e fotógrafo. Estudou arquitetura na UNB e cinema na Alemanha nos anos 1960. Dirigiu clássicos como Iracema, Uma Transa Amazônica (1974), Jari (1979) e O Terceiro Milênio (1980). Também atuou como diretor de fotografia em Hitler, IIIº Mundo (José Agrippino de Paula, 1968) e O Profeta da Fome (Maurice Capovilla, 1969), entre outros. Ruivaldo, o homem que salvou a terra é sua mais recente produção.

João Farkas (Debatedor)

Formou-se em Filosofia pela Universidade de São Paulo e continuou sua formação como fotógrafo em Nova York no ICP (International Center of Photography) e na School of Visual Arts. Ainda em Nova York trabalhou como correspondente fotográfico para revistas Veja e Isto É, e fez parte da equipe de reportagem da Rede Globo de Televisão. Um ávido observador da cultura popular, João Farkas vem registrando há mais de 30 anos a complexa relação homem x natureza em contextos brasileiros tidos como paradisíacos ou genuínos, como a Amazônia, o Pantanal ou o sul da Bahia.

Flávia Guerra (Mediadora)

Flavia Guerra é documentarista e jornalista. É editora do TelaTela (@telatelablog ), especializado em cinema e TV; apresenta o podcast “ Plano Geral”, com Thiago Stivaletti; é colunista de cinema da @radiobandnewsfm e, em 2019, cobriu os grandes festivais internacionais de de cinema para o Canal Brasil.

Júlia Boock (Debatedora)

Júlia Corrêa Boock é analista de conservação do WWF-Brasil. É bióloga, mestre em Desenvolvimento Local e com especialização em Gestão Ambiental e Florestal. Tem mais de 20 anos de experiência em conservação ambiental, trabalhando com áreas protegidas em organizações não-governamentais e governamentais no estado de MS. Desde 2010, atua no WWF-Brasil com atividades voltadas a projetos ambientais de uso sustentável dos recursos naturais para o Pantanal e Cerrado.